Bela Nafa

Na linguagem Mandinga “Bela Nafa” significa “Benefício Comum”.

Bela Nafa vai buscar aos temas tradicionais da cultura Mandinga a sua base de ligação com o continente Europeu. A junção do instrumento tradicional Kora com os instrumentos modernos resulta numa harmonia muito própria que nos transporta para um clima quente e acolhedor, acompanhado de uma energia forte e contagiante que convida à dança.

Bela Nafa vai buscar a sua inspiração à música tradicional da Guiné-Bissau, sucessora do Império do Mali, e dos países circundantes na Costa Ocidental de África, tais como o Senegal, Gambia, Costa do Marfim, Gana, Nigéria ou a Guiné-Conacri. Os ritmos são maioritariamente o Gunbé, a Tina e o Djambadon, suportados pelo misticismo e simbologia do Kora. Bela Nafa é uma das grandes surpresas da World Music criada num País de Língua Oficial Portuguesa.

Bela Nafa destaca-se, pela originalidade nos arranjos e letras, todos da autoria do mestre José Braima Galissá, líder e mentor da banda. 

Composição Artística:
Kora e Voz
Percussão (Cabaça) e Coros
Guitarra eléctrica
Bateria
Baixo

http://www.myspace.com/belanafa
Ocorreu um erro neste dispositivo